Cícero aguarda decisão do Comercial para iniciar treinos: "Trabalho árduo" - Notícias de Floriano - Floriano News

Cícero aguarda decisão do Comercial para iniciar treinos: "Trabalho árduo"

Publicado 11 de janeiro de 2017 às 16:09 hs


“Vai ser um trabalho árduo e de sacrifícios". Foi com essas palavras que o treinador contratado para dirigir o Comercial-PI na temporada 2017, Cícero Monteiro, definiu a situação do clube. Entre todos os clubes que disputam o Campeonato Piauiense, somente o Bode ainda não iniciou a pré-temporada.

Imagem: Wenner TitoClique para ampliarCícero Monteiro espera aval da diretoria do Comercial-PI para começar treinos.(Imagem:Wenner Tito)Cícero Monteiro espera aval da diretoria do Comercial-PI para começar treinos.

O clube aguarda um repasse financeiro da prefeitura do município de Campo Maior para iniciar as contratações e começar os treinos. O treinador pernambucano aguarda resposta sobre a situação do time, mas ressaltou que tem jogadores com acerto verbal e que não adiantaria nomes por questões profissionais.

- Primeiramente, gostaria de falar que o Comercial-PI está se apresentando tarde por questões financeiras. Por conta do não repasse dos recursos financeiros para a diretoria, não iniciamos a contratação de jogadores. Vai ser um trabalho árduo. Estou confirmado como treinador, mas me encontro em Pernambuco esperando a decisão sobre essa parte financeira – comentou o treinador.

O Bode até o momento não efetuou o pagamento da taxa de recadastramento anual da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Sem esse pagamento, o time não pode disputar jogos oficiais e está impossibilitado de cadastrar jogadores no sistema da entidade máxima do futebol brasileiro. Todos os times filiados à Federação de Futebol do Piauí (FFP) devem pagar o valor de R$ 2.700 para atualizar o cadastro nacional. O penúltimo clube a fazer isso foi o Flamengo-PI.

Com a situação indefinida na temporada, Cícero Monteiro acredita que vai ser um trabalho difícil, mas não descarta ter um time que possa dar trabalho aos adversários e ressalta a importância de unidade do time para que durante a competição possa fazer um bom trabalho.

- Temos alguns jogadores apalavrados. Não podemos dizer nomes porque não estão certos por questões financeiras. Para definir os nomes dos jogadores, aguardamos e esperamos que a prefeitura (patrocinadora do clube) repasse esse dinheiro. Assim a gente pode dar início aos trabalhos. Vai ser de sacrifício, pois todas as equipes do futebol piauiense já se apresentaram. Só falta o Comercial-PI. Mas esperamos que dentro da competição possamos fazer um bom trabalho – finalizou.

Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook

Fonte Globoesporte.com

Tópicos:
Cajueiro Motos

AS MAIS

 

Farma Formula - Padrão