Em coletiva, Joel Rodrigues fala sobre pagamento dos servidores municipais - Notícias de Floriano - Floriano News

Em coletiva, Joel Rodrigues fala sobre pagamento dos servidores municipais

Publicado 11 de janeiro de 2017 às 15:30 hs

Da redação do FlorianoNews redacao@florianonews.com


O prefeito de Floriano, Joel Rodrigues (PP), se pronunciou em entrevista coletiva concedida na tarde da última terça-feira (10), sobre o pagamento dos servidores municipais.

Na ocasião o gestor municipal explicou que em relação à categoria da educação não há informações sobre a folha de pagamento e que este só poderá ser feito mediante tais informações. Ele disse ainda que o valor em conta destinado ao pagamento desta classe é insuficiente para honrar todos os compromissos.

“Não temos nada de informação e o que temos de saldo aí é pouco mais de 86 mil reais na conta da educação. Não recebemos nenhuma informação em relação a folhas pendentes no mês de dezembro, então estamos aguardando essas informações”,
disse Joel Rodrigues.

Imagem: FlorianoNewsEm coletiva, Joel Rodrigues fala sobre pagamento dos servidores municipais.(Imagem:FlorianoNews)

Questionado sobre o acordo firmando entre o então prefeito Gilberto Júnior e os servidores públicos do município, em uma audiência de conciliação ocorrida em novembro de 2016, Joel Rodrigues se mostrou alheio à mesma e disse que não houve preocupação da gestão anterior em garantir o cumprimento desse acordo.

“Entendemos também que a gestão anterior, no sentido que foi firmado um compromisso dessa natureza, era necessário deixar disponibilidade financeira, para que até o dia 10 pudéssemos estar com esses compromissos solucionados, mas infelizmente nem as informações necessárias, que teriam que ser repassadas pela gestão anterior, principalmente em relação à folha, a patrimônio, nós ainda não recebemos”,
frisou.

Já os servidores da área da saúde têm boas notícias. De acordo com Joel, a Pasta possui saldo em caixa suficiente para efetuar o pagamento dos servidores, como Agentes Comunitários de Saúde, Agentes de Combate às Endemias e equipe o Programa Saúde da Família (PSF).

“Eu creio que já é possível estar trabalhando em relação à Secretaria de Saúde, porque nós já detectamos que há realmente uma disponibilidade financeira nesse sentido”,
declarou.

Apesar dos problemas encontrados, o gestor informou que o os serviços essenciais não serão afetados, além disso, na próxima semana terão início os atendimentos à população.

Cajueiro Motos

AS MAIS

 

Farma Formula - Verão