Piauiense morta por ex-companheiro em Brasília será enterrada em Floriano - Notícias de Floriano - Floriano News

Piauiense morta por ex-companheiro em Brasília será enterrada em Floriano

Publicado 08 de junho de 2018 às 08:25 hs


Imagem: ReproduçãoClique para ampliarPiauiense morta por ex-companheiro em Brasília será enterrada em Floriano.(Imagem:Reprodução)

Será enterrada nesta sexta (8), em Floriano (PI), a operadora de caixa Tauane Morais dos Santos, 23 anos. Na noite da última quarta-feira, ela se tornou a 11ª vítima de feminicídio no Distrito Federal apenas este ano. A jovem foi morta a facadas pelo ex-companheiro, Vinícius Rodrigues de Sousa, 24, no apartamento onde o casal morava com dois filhos, de 2 e 4 anos, em Samambaia Norte.

O homem, que trabalhava como chapeiro, não aceitou o término do relacionamento, descumpriu medida protetiva e esfaqueou a vítima diversas vezes. Após o crime, desferiu mais de 20 facadas no próprio corpo, segundo a Polícia Civil. Ela morreu na hora. Ele chegou a ser resgatado com vida, mas faleceu às 13h de ontem, no Hospital Regional de Taguatinga.

Essa foi a segunda briga do casal em menos de quatro dias. A última havia sido no domingo. Durante a discussão, Tauane disse que estava cansada e que queria pôr um fim ao relacionamento de quatro anos. Pediu que o companheiro pegasse as coisas dele e fosse embora. No depoimento à Polícia Civil, ela contou que, depois disso, ele ficou “descontrolado”, quebrou diversos eletrodomésticos que haviam sido comprados por ela, como a televisão e a geladeira, a agrediu, ameaçou de morte e tentou enforcá-la. O filho de 2 anos do casal testemunhou a cena, e chorava desesperado.

Vizinhos chamaram a Polícia Militar, que separou a briga. Eles foram levados à 24ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte), onde Tauane deu depoimento e Vinícius foi preso por injúria, ameaça, dano qualificado e vias de fato no âmbito da Lei Maria da Penha. A mulher conseguiu medida protetiva com urgência e, no dia seguinte, o juiz Aragonê Nunes Fernandes, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Samambaia, soltou o agressor após a audiência de custódia. Conforme ata de audiência, o magistrado entendeu que a fixação de medidas protetivas eram suficientes para acautelar o processo e manter a integridade da vítima.

Além do casal e dos dois filhos, o irmão da vítima, Thalis dos Santos, 32, morava no apartamento com a mulher e um filho. Na quarta-feira à noite, Vinícius foi ao apartamento onde o casal morava em um horário em que apenas Tauane estava. O assassinato ocorreu em seguida. Como não há sobreviventes ou testemunhas, a Polícia Civil não tem informações se o casal chegou a discutir antes do crime. O sobrinho da vítima foi o primeiro a ver a cena do crime, e a mãe dele chamou os policiais.

Segundo o delegado-chefe da 24ª DP, Eduardo Galvão, Vinícius não tinha passagens pela polícia. “No depoimento, Tauane afirmou que o companheiro a havia agredido algumas vezes, mas que ela nunca o havia denunciado. Crimes violentos como esse são derivados de uma escada de acontecimentos. Começam com agressões verbais, vai passando para físicas, até chegar a esse ponto.”

Luto

Vizinhos afirmam que as brigas se tornaram mais frequentes no último mês. Tauane nasceu em Araguaína (TO), e mudou-se para o Piauí, onde conheceu Vinícius. Eles vieram juntos para Brasília em busca de melhores oportunidades de emprego. Luciana dos Santos, cunhada de Tauane, contou que os dois filhos da vítima ficarão com os tios, mas informou que a família prefere não se manifestar no momento. Vinícius também será enterrado no Piauí, mas não há informações sobre o velório.



Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook

Fonte Correio Braziliense

Tópicos:
Espeto & Cia - Padrão
Pequeno Principe

AS MAIS

 
1

1