Robert Rios critica pedido de empréstimo do governo - Notícias de Floriano - Floriano News

Robert Rios critica pedido de empréstimo do governo

Publicado 14 de novembro de 2017 às 08:43 hs


Imagem: AlepiClique para ampliarRobert Rios critica pedido de empréstimo do governo.(Imagem:Alepi)

Usando o tempo de dois minutos, o deputado Robert Rios (PDT) disse ter tomado um susto ao ter acesso à mídia e constatado que o governador Wellington Dias pretende encaminhar à Assembleia um Projeto de Lei que lhe dará poderes para contrair empréstimos sem autorização do Legislativo.

Ele disse que o projeto autoriza o governador a contrair empréstimo a instituições não financeiras, que para é o agiota. Rios pediu ao presidente Themístocles Filho que não aceite o projeto, pois ele representa uma humilhação ao próprio Poder.

"Senhor presidente, Vossa Excelência sabe que no meu atual estado de saúde eu não posso nem levar susto, mas esse final de semana eu levei um susto muito grande, ao ver que na mídia, principalmente nos portais, que o governador Wellingnton Dias, estaria mandando para essa Casa, um projeto de lei, que altera aquele projeto de lei, recente, nessa Casa, em que essa Casa permitiu que ele contraísse junto a Caixa Econômica Federal, empréstimo de 600 milhões, dos quais 307 milhões já recebiso e já desperdiçados e jogados no mato, porque não vimos as obras desses trezentos e sete milhões já gastos. Mandar um projeto de lei em que essa Casa via autorizar, generalizadamente, que o governador contraia empréstimo em nome do povo do Piauí, até a constituição, que não é financeira, seria um absurdo. Seria um pontapé, no traseiro dos deputados desta Casa e nesse Parlamento”,
afirmou Rios.

Também usando os dois minutos, o deputado Cícero Magalhães (PT) afirmou que o governo usou em obras os recursos dos empréstimos do ano passado, mas o governo federal está mudando as condições para novos empréstimos.

Também o deputado João de Deus (PT) se manifestou sobre o assunto, para dizer que o Piauí está em melhores condições que outros Estados, mas há uma bancada oposicionista na Câmara Federal dificultando novos empréstimos.

João de Deus defendeu a solução buscada pelo governo estadual para contrair novos empréstimos e criticou os colegas de oposição que usam o microfone para agressões, inclusive com palavras não regimentais, contra um governador que respeita a todos.

No início de sua fala, João de Deus comunicou o falecimento do engenheiro Sandro Souza, que já estava em campanha para dirigir o Conselho Regional de Engenharia e Agrimensura (Crea).

Veja mais notícias sobre Política, clique em florianonews.com/politica

Fonte Alepi

Tópicos:

AS MAIS