Themístocles Filho pode ser vice no governo ou na oposição - Notícias de Floriano - Floriano News

Themístocles Filho pode ser vice no governo ou na oposição

Publicado 12 de janeiro de 2018 às 11:02 hs


Imagem: Cidadeverde.comClique para ampliarDeputado Themístocles Filho (MDB)(Imagem:Cidadeverde.com)Deputado Themístocles Filho (MDB)

Desde novembro, quando entrou em rota de colisão aberta com o prefeito Firmino Filho (PSDB), o presidente da Assembleia, deputado Themístocles Filho (MDB) passou a ser associado mais diretamente ao governo, no presente e no futuro. E ficou cada vez mais explícito o objetivo do MDB de fazê-lo vice na chapa de Wellington Dias (PT).

Mas aliados do deputado enxergam que a possibilidade de Themístocles ser candidato a vice governador não está restrita à ala governista. Ele poderia ser candidato também por uma chapa da oposição. Mais especificamente em uma chapa encabeçada pelo deputado Dr. Pessoa (PSD).

Essa perspectiva era defendida abertamente por alguns aliados na última semana de dezembro, em rodas no litoral. E apontavam a fala do próprio presidente da Assembleia, após a refrega com Firmino. Naquele momento, Themístocles pediu desculpas a Teresina por ter ajudado a eleger o tucano. E disse que deveria ter votado em Dr. Pessoa.

Naquele momento, a fala foi tomada pela maioria como uma mera provocação ao tucano. Outros viram como um recado ao próprio governo – como quem diz ”eu tenho alternativas”. Na oposição, nomes como Wilson Martins cogitavam até os últimos dias do ano a possibilidade de ter Themístocles na oposição.

A entrada de Luciano Nunes pode ter mudado esse sentimento em Wilson. Resta saber se mudou no deputado Dr. Pessoa, que sonha com uma candidatura ao governo.

Em tempo: Themístocles Filho fez parte de evento com os petistas, ontem à noite, em Teresina. Com direito a discurso.

Ciro pode passar à oposição?

No lançamento do “Comitê de Lula”, ontem, diversos petistas indagavam a aliados de outros partidos como eles viam o nome de Regina Souza como candidata ao Senado. Uma indagação que foi vista com espanto por alguns, diante da intenção do governador Wellington Dias de limitar a uma vaga a cota de cada partido integrante da chapa majoritária.

A pergunta foi vista como a tradução da dúvida sobre a permanência de Ciro Nogueira (PP) na aliança encabeçada por Wellington. Mas é uma dúvida que povoa mais a cabeça de petistas do que dos demais partidos integrantes da base governista.

florianonews.com/politica: confira as últimas notícias sobre Política
Siga @florianonews e curta o FlorianoNews

Fonte Cidadeverde.com

Tópicos:
Espeto & Cia - Padrão
Pequeno Principe

AS MAIS

 
1

1